FO topo1Fudacao topo2Osorio topo3Rio de Janeiro topo4Fundacao Osorio topo5

Notícias: Ano 2017


 Carta de Serviços ao Cidadão


Cumprindo uma determinação do Governo Federal a Fundação Osorio disponibilizou em sua página na internet a "Carta de Serviços ao Cidadão". A Carta tem por objetivo informar aos cidadãos dos serviços colocados à sua disposição pela Escola e como ter acesso a eles. O documento é baseado no Decreto n°6.932, de 11 de agosto de 2009, que dispõe de questões relativas ao atendimento ao cidadão nos órgãos e entidades do Poder Executivo. Os serviços prestados ao cidadão nesta Carta dizem respeito ao funcionamento de uma Escola. São os serviços que, normalmente, os pais, responsáveis, alunos e ex-alunos buscam numa instituição de ensino. O cidadão interessado encontrará o que procura e saberá onde deve ser atendido e as formas de contato com aqueles que oferecem os serviços. Terá uma visão geral da Fundação Osorio, sua história, missão, visão, organização e valores defendidos. A Carta pode ser acessada na internet, na página da Fundação Osorio (http://www.fosorio.g12.br), no botão "Carta de Serviços ao Cidadão". Está, também, disponível impressa para consulta na Secretaria Escolar.

 

 Cerimônia de encerramento do 2º Segmento EF


No dia 14 de dezembro de 2017, foi celebrado no auditório Francisca Osório Mascarenhas a cerimônia de colação de grau dos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental. Teve início com a premiação, no Concurso Nacional de Redação do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União, da aluna Letícia Rodrigues Alberici e do seu professor orientador Luiz Gustavo Teixeira Moraes Lopes. A celebração marcou o encerramento de um ciclo para todos, e o início de uma nova fase cheia de responsabilidades e escolhas: o Ensino Médio.

"A formatura do 9º ano é a oportunidade de ver todo o resultado conquistado durante o Ensino Fundamental, sabendo que desafios ainda maiores estão por vir. Para os alunos e familiares é um momento importante que marca o final de um ciclo de estudos e abre um novo e ainda mais desafiador. Parabéns aos alunos que chegaram até aqui!", celebra o Coronel Luiz Sérgio Salgueiro, presidente da Fundação Osório.

Com muita emoção, as alunas Caroline Miguel Alves Soares, Paula Fernandez Ramos de Souza e Letícia Rodrigues Alberici, respectivamente primeira, segunda e terceira colocadas, além da Fundação Osório, foram premiadas pelo IDMM, BIBLIEx e pela POUPEx. Durante a celebração, o professor de Língua Portuguesa, Luiz Gustavo Teixeira Moraes Lopes, Paraninfo, conduziu seu discurso com muita vibração e prestou uma homenagem aos pais, agradecendo também os alunos pela troca de experiências e todo crescimento pessoal durante o ano que se passou.

Com sentimento de conquista a aluna Mariana Fonseca do Nascimento, oradora da turma, com entusiasmo e muito humor, externou a alegria de ter superado obstáculos e a apreensão dos desafios que os aguardam no Ensino Médio, além da profunda gratidão tanto à Fundação quanto aos professores pela oportunidade de excelência pelo ensino recebido.

O evento contou com a presença da presidência da Fundação, funcionários, de representação da CGU, além de pais e convidados.

Parabéns a todos e sucesso no Ensino Médio!

 

 Cerimônia de encerramento do 1° Segmento EF


Em 13 de dezembro de 2017 foi realizada a cerimônia de passagem simbólica dos alunos do 5° Ano, concludentes do 1° Segmento, para o 2° Segmento do Ensino Fundamental.

Com certeza para seguir é preciso ter tido um começo. E é este começo que comemoramos. Sabendo que ainda há muito a caminhar, que a estrada é longa e que dedicação e estudo serão necessários para o sucesso.

Aproveitando a ocasião os alunos registraram um carinhoso agradecimento à Profa Marisa Rodrigues, pelo amor, compreensão, companheirismo e pelo comprometimento que sempre demonstrou em seu trabalho após anos de dedicação à Escola. A professora irá se aposentar e deixará muitas saudades...

O Cel Salgueiro, presidente da Fundação Osorio, parabenizou a todos e concitou os alunos a continuarem firmes na caminhada com determinação e entusiasmo.

O sucesso os espera no futuro!

 

 FORMATURAS


O ano está quase acabando, mas um último esforço está em curso, o “Exame final”. A prova, em algumas disciplinas, acenderá o sinal verde para o próximo ano. Cerca de 40% dos alunos da Escola estão ainda envolvidos com a conquista dos pontos necessários para passar de ano. Boa sorte a todos!

Após a divulgação dos resultados, as formaturas de conclusão de curso alegrarão a todos nós. Professores, pais/responsáveis e alunos comemorarão a vitória alcançada. Um ciclo encerrado. Uma nova fase com novos desafios começa a despontar no horizonte.

Convidamos a todos a comemorar conosco no auditório da FO.

Conclusão do 1º Segmento do EF, dia 13 de dezembro, às 7:30h;

Conclusão do 2º Segmento do EF, dia 14 de dezembro, às 7:30h;

Conclusão do 3º ano do Ensino Médio, dia 16 de dezembro, às 9:30h.

A Direção

 

 Almoço de confraternização


A Fundação Osorio realizou seu tradicional Almoço de Confraternização em 13 de dezembro. A presença maciça dos integrantes da Fundação coroou o excelente trabalho de todos os integrantes da Escola.

Um concorrido sorteio de brindes e cestas de Natal entre os presentes foi o ponto alto.

Foram momentos de congraçamento, descontração e muita alegria degustando um saboroso almoço.

Parabéns a todos!

Feliz Natal e um Ano Novo pleno de realizações!

 

 Sorteio de vagas 1° segmento EF


Depois de amplamente anunciado, no dia e hora marcados, o sorteio das vagas para o primeiro ano do Ensino Fundamental foi realizado no ginásio de esportes da Escola.

A expectativa era grande e o número de inscritos também. As informações sobre o que estabelece o Estatuto da Fundação e as Instruções Reguladoras foram relembradas antes do convite para que alguns pais/responsáveis ocupassem as mesas para a realização do sorteio.

Pontualmente às 08:00h foi iniciado o sorteio e, pouco a pouco, foram sendo conhecidos os meninos e meninas que tiveram seus nomes sorteados para a matrícula no ano de 2018.

- Arthur Ribeiro Medeiros

- Bento Xavier de Oliveira Rangel

- Suamy Marques de Salles Pupo

- Sophia Serafim de Oliveira

- Yasmin Marques Proencio

- Kauã Gabriel Lopes da Silva

- Sarah Bernardo dos Santos

- João Pedro Caetano Nogueira

- João Matheus de França Marques

- Sophia Guedes dos Santos

- Theo Miranda Barata

- Maria Clara Alves da Silva

- João Pedro de Moura Lima

- Rafael Henrique Pereira Rodrigues Cardoso

- Martin Thomaz de Souza

- Arthur Luiz Santos da Silva

- Sophia Gomes Teixeira

- Marina Pires de Freitas

- Sarah Sophia Nogueira Santana

- Natalia Brum Cohen Sierra

 

 Festa de Encerramento do 1º Segmento EF


Mais uma vez, no auditório da FO, o 1º Segmento do Ensino Fundamental se reuniu para coroar os projetos que foram desenvolvidos durante todo o ano de 2017.

A Profª Ana Cristina e sua equipe promoveram um espetáculo de graça e beleza, onde nossos alunos apresentaram temas diversos, resgatando valores esquecidos ou desprezados na sociedade. Através de danças e lindas músicas os alunos mostraram para seus familiares o que aprenderam sobre “amizade”, “paz”, “solidariedade”, “honra”, “perdão”, “respeito”, “verdade” e muito mais. Foram momentos inesquecíveis de muita alegria e emoção.

Mais uma vitória!

 

 Semana de la hispanidad


No dia 12 de outubro, nos países de língua espanhola, se celebra o "Día de la Hispanidad", pois foi nesta data, no ano 1492, que Colombo chegou à América. Os povos latino-americanos e espanhóis elegeram o 12 de outubro como um marco da união entre as etnias, povos e continentes que representam uma das mais influentes culturas do mundo: a cultura hispânica.

Assim sendo, com o objetivo de nos unirmos a esses povos na comemoração de um universo cultural tão vasto e tão rico, nos dias 18 e 19 de outubro, tivemos em nossa Escola a "Semana de la Hispanidad", que nos brindou uma bela exposição sobre o México, com trabalhos dos alunos do 3° ano do Ensino Médio e do 9° ano do Ensino Fundamental, sob a coordenação da Professora Fabiana Lopes. Uma bela apresentação de músicas hispânicas foi apresentada pelos alunos Gabriel Zamba, Lucas Farias, Rafael Duarte, Isabelle dos Anjos e Georgia Oliveira, todos do 1° ano do Ensino Médio.

 

 Formatura de encerramento do ano letivo


Na presença do Presidente da Fundação Osorio, Chefes de Divisão, professores, funcionários e familiares dos alunos, foi realizada em 27 de outubro a formatura de encerramento do ano letivo, que constou da entrega do distintivo da Legião de Honra aos novos legionários, alunos que se destacaram ao longo dos anos de 2016 e 2017 pelo alto desempenho escolar, saudável disciplina e forte espírito de camaradagem, da homenagem aos alunos que se destacaram na Oitava Feira de Ciências e Tecnologias do Instituto Militar de Engenharia – IME e, da despedida do 3º ano do Ensino Médio.

O Cel Salgueiro, presidente da Fundação, parabenizou a todos os alunos e desejou boas provas e um final de ano coroado de sucesso.

Os alunos do 3º ano do Ensino Médio, entusiasmados e emocionados, desfilaram pela última vez despedindo-se da Escola.

 

 Encerramento da Missão de Paz no Haiti


No dia 21 de outubro, alunos da Fundação Osorio estiveram presentes na Cerimônia de Encerramento da Missão de Paz no Haiti. A solenidade ocorreu no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Rio de Janeiro, e teve por objetivo homenagear os cerca de 37,5 mil militares que atuaram na MINUSTAH (Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti). Também foram lembrados os 26 militares brasileiros que faleceram durante os 13 anos de missão.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, abrilhantou o evento e destacou o excelente trabalho da tropa brasileira para tornar o Haiti uma nação segura e estável. O militar brasileiro é tão reconhecido naquele país que é chamado de “Bon bagay” pela população, ou seja, “boa gente” em crioule, língua oficial haitiana. Os alunos da FO foram acompanhados pelos professores 1º Ten Sandro, 2º Ten Raphaella e 1º Sgt Adriano, além do inspetor ST CBMERJ Marcelo.

 

 Feira de Ciências no IME


A Fundação Osorio participou da Feira de Ciências, da Semana de Ciências e Tecnologia do Instituto Militar de Engenharia (IME), ocorridas nos dias 17, 18 e 19 do ano de 2017, ofereceu 5 trabalhos elaborados por alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio/Profissionalizante sobre os seguintes temas: “Reutilização e reciclagem de materiais”, “Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)”, “Energia eólica: fonte sustentável”, “Eficiência das bolinhas em gel no crescimento dos vegetais em diferentes tipos de solo” e, “Crescimento dos vegetais com diferentes adubos naturais”.

O bom desempenho do corpo discente ficou evidenciado nos trabalhos que foram apresentados.

 

 II Desafio Global do Conhecimento


No período de 04 a 07 de outubro de 2017, o Sistema Colégio Militar do Brasil - SCMB, realizou o II Desafio Global do Conhecimento, no Colégio Militar de Brasília (CMB).

Foram discutidos importantes temas da atualidade sob a ótica da "Inclusão e Acessibilidade".

A Fundação Osorio se fez representar pelo Cel Ivan Soares, chefe da Seção Técnica de Ensino, que nos trouxe impressões sobre o evento.

 

 Amazônia


Em prosseguimento ao programa de palestras da Escola, recebemos em 6/10/17, o Gen Augusto Heleno Pereira, antigo Comandante Militar naquela área para nos falar sobre “o riquíssimo patrimônio nacional“ que é a Amazônia.

Depois de apresentar, com fotos e filmes, as principais características e peculiaridades de toda a região e de mostrar uma sequência de tópicos a respeito das “verdades sobre a Amazônia”, ficou muito claro para todos nós, o quão é importante sempre conhecer, estudar e pesquisar os principais aspectos ligados aos interesses da nação brasileira.

Ao concluir sua apresentação não restou nenhuma dúvida de que a Amazônia é um valioso patrimônio nacional, foram rechaçadas as idéias de “pulmão do mundo” ou mesmo de “patrimônio da humanidade”.

A Amazônia é brasileira e pertence aos brasileiros, cabendo somente a nós preservar e manter esta região que foi conquistada por nossos antepassados.

 

 "4 de Outubro"


Em 4 de outubro de 1879 faleceu Manuel Luís Osório, militar brasileiro (nasceu em 1808(. General Osório (1808-1879( nasceu em Nossa Senhora da Conceição do Arroio, atual Osório, Rio Grande do Sul, no dia 10 de maio de 1808. Filho de Manuel Luís da Silva Borges, comandante do Regimento de Salto, e de Ana Joaquina Osório. Aprendeu as primeiras letras com o mestre-escola Miguel Alves. Muda-se com a família para a cidade de Salto, onde teve aulas com o capitão dos dragões Domingos José de Almeida. Em 1822, com a independência do Brasil, inicia-se no sul do país a Guerra da Independência, e seu pai no comando do Regimento de Salto, resolve levá-lo. Embora não participe dos combates, vai se empolgando pela luta. Antes de completar quinze anos, inscreve-se no Exército, como voluntário da Legião de São Paulo. General Osório, desde os primeiros combates, mostra sua habilidade com o manejo das armas. Em 1824, já era cadete e depois alferes, no Terceiro Regimento da Cavalaria de Linha. Com o fim da guerra Osório pretendia se licenciar da Cavalaria e estudar no Instituto Militar, mas teve seu pedido de licença negado. Entre 1825 e 1828, participa da campanha na Guerra Cisplatina. No fim do combate é promovido a primeiro-tenente. No dia 15 de novembro de 1835, casa-se com Francisca Fagundes, filha de um juiz de paz. Neste mesmo ano combate na Guerra dos Farrapos. Luta junto com os legalistas nas batalhas em Porto Alegre, Bagé e Caçapava e na região de Herval, onde em 1838, se distingue e é promovido a capitão. O pai morrera nos combates, a mãe passava necessidades, Osório queria voltar para junto da esposa. Com 31 anos pede reforma do Exército, mas não se cogitava dispensar um dos seus melhores soldados. Em 1842, Osório recebe a condecoração do Cruzeiro do Sul e é promovido a Tenente-Coronel. Em 1851, lutou contra Rosas. Em 1864, teve início a Guerra do Paraguai. A Osório foi confiado o comando do Exército. As dificuldades logo foram superadas e o Exército Brasileiro começou a somar significativas vitórias. O maior combate registrado em toda Guerra do Paraguai foi o que se travou em Tuiuti. Coube a glória a Osório de haver planejado a batalha da qual participou com heroísmo. Com apoio da esquadra, o Exército Brasileiro iniciou a invasão do Paraguai. Depois disso, Osório foi substituído pelo General Polidoro Jordão. Como a luta prosseguia, Osório passou a Comandar o III Corpo do Exército, organizado no Rio Grande do Sul. Dirigiu a Marcha de Flanco de Tuiuti. Em 1866, recebeu o título de Barão. Em 1869, Marquês de Herval e em 1877, Marechal de Exército. Foi eleito Senador pelo Rio Grande do Sul, e finalmente foi nomeado para a Pasta da Guerra Nacional. General Osório é o Patrono da Arma de Cavalaria do Exército Brasileiro.

 

 Encontro Literário


Na semana de 25 a 29 de setembro nossa escola realizou a atividade pedagógica denominada de "Encontro Literário". A abertura do evento ocorreu na Biblioteca D. Francisca Osorio Mascarenhas e contou com a presença do Presidente da Fundação e convidados que, na oportunidade, participaram do "Café com o Autor". Durante a semana alunos e professores visitaram a feira do livro, encontraram-se com autores, tiveram seus livros autografados e ouviram histórias.

Acreditamos que incentivar a leitura é um caminho para a construção do conhecimento.

 

 121° Aniversário do Patrono da Aeronáutica


Na quarta-feira, 20 de setembro, na Base Aérea dos Afonsos, foi realizada uma cerimônia militar em homenagem ao Patrono da Aeronáutica, Brigadeiro Eduardo Gomes. A Fundação Osorio se fez representar pela sua guarda-bandeira.

Os alunos da Escola desfilaram com vibração e entusiasmo, evidenciando valores como disciplina e civismo.

 

 Guignard na Fundação Osorio


A aluna da Universidade Federal de Ouro Preto, Ana Clara Borges, apresentou no dia 20 de setembro a pesquisa que realizou sobre Alberto da Veiga Guignard, abrangendo o período em que o pintor atuou como professor na FO, na década de 1930.

Ana Clara discorreu sobre a pesquisa feita nos acervos da Fundação Osorio e na obra do pintor. Ressaltou sua passagem por Ouro Preto e falou sobre o acervo exposto no Museu Casa Guignard, naquela cidade.

Citou a Profª Cassilda Martins, entã o Reitora da Fundação Osorio, que assim se expressou sobre o mestre e pintor Guignard: "À feição dos mestres de outro tempo, ensinou Guignard na Fundação Osorio, escola para as órfãs dos militares do Brasil, num grupo de crianças e adolescentes o seu método de ensino por assim dizer intuitivo, como que instintivo."

Hoje, o Guignard é reconhecido como um dos maiores pintores brasileiros e suas obras dentre as mais caras do Brasil. A Fundação Osorio muito se orgulha de seu antigo mestre e pintor.

 

 Drogas e a Cultura Latina;


A segunda parte do projeto "O Corpo Humano: Artes Marciais e Saúde" teve como objetivo apresentar o tema "Drogas e a Cultura Latina", em espanhol, e desenvolver atividades didático-pedagógicas que aprofundem o conhecimento e oportunismo no contato dos alunos do 9° ano com temas referentes á conscientização sobre os prejuízos do uso das drogas, além da desconstrução do imaginário de que as drogas ilícitas são aceitas na cultura dos demais países latino-americanos.

No dia 28 de agosto compareceu à Fundação Osorio a médica colombiana Jessica Milena Galván Prada, do Hospital Universitário Pedro Ernesto, que ministrou palestra sobre os malefícios do uso das drogas ilícitas, bem como os movimentos ocorridos na América Latina para combater essa cultura.

Os temas suscitaram ampla participação de todos.

 

 "A arte na cidade"


A exposição "A arte na cidade" apresentou, em 5 de setembro, na Sala de Artes, trabalhos de alunos da Fundação Osorio das turmas 171, 172 e 173 em forma de maquetes de jardins, onde a presença da natureza se fez importante para a reflexão de um mundo melhor e mais belo. Tudo com muita criatividade e inovação, numa reciclagem de idéias visando transformar o local onde vivemos.

Os alunos participaram com grande interesse e entusiasmo.

 

 18ª Bienal Internacional do Livro


(31 de agosto a 10 de setembro no Riocentro)

Os livros estão sempre presentes na vida de um estudante, estão sempre presentes ao lado de bons profissionais e estão sempre presentes nas pesquisas dos que querem aprender.

O amor pela leitura não pode ser imposto, ele tem que ser cultivado. A partir da criação do saudável hábito de ler, o namoro com os livros tem que amadurecer pelo gosto em explorar novos autores, pela alegria com novas aventuras, pelo reconhecimento das experiências adquiridas, pela paixão e pelo envolvimento da(s) pessoa(s) com a prosa ou poesia que sai do papel.

Ame a leitura, apaixone-se pelos livros.

Visite a Bienal do Livro!

Veja o que disseram alguns artistas sobre o prazer de ler:

"Quando me chamaram para essa campanha, topei na hora. Leio muito e incentivo minha filha a fazer o mesmo. Um dos melhores exercícios para o ator é ler, porque ajuda você a construir os personagens e a história na cabeça. Tenho sempre vários livros na fila. Recentemente comprei uma nova edição de Cem Anos de Solidão e comecei a reler Shakespeare. Também adoro biografias. Ler é igual a cultura.

CAUÃ REYMOND, ator, encarna Dom Quixote, do clássico homônimo de Miguel de Cervantes.

"Gosto de ler desde pequena. O livro é um companheiro que carrego sempre na bolsa. Nas viagens, minha mala de mão volta cheia deles. Tenho uma biblioteca de gastronomia, mas leio romances, biografias e, agora, estou adorando um livro do indiano Satish Kumar. Conheci o universo de Capitu na escola e me encantei. Na adolescência eu era fã de Harry Potter.

O livro faz você viajar, tornar-se íntimo de um lugar que nem conhece."

BELA GIL, apresentadora e cozinheira, é, na campanha publicitária de estímulo à leitura a Capitu, de Dom Casmurro.

Endereços:

Na Internet: www.bienaldolivro.com.br

Riocentro - Av Salvador Allende Nº 6555 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro - RJ

 

 Projeto "O cortiço é o mundo"


Coordenado pela Profª Bianca, do segundo ano do Ensino Médio, com a participação da Profª Nadja Naira e dos professores Alberici e Felipe, o Projeto "O cortiço é o mundo" apresentou um estudo sobre o romance “O cortiço”, de Aluísio de Azevedo, de grande sucesso e repercussão. Para compreender de forma mais ampla o projeto naturalista brasileiro - do qual Azevedo foi o maior representante, houve aula de Biologia, História e Literatura. Completando o estudo, foi proposto um estudo que repensa e atualiza as questões levantadas pelos cientistas e artistas do fim do século XIX.

O projeto foi realizado no dia 16 de agosto, no auditório da Fundação Osorio, com grande interação e participação dos alunos.

 

 Palestra sobre Avaliação


No dia 2 de agosto, a Fundação Osorio recebeu, para uma palestra sobre "Avaliação e seus Fundamentos", a Profa Thereza Penna Firme, especialista em avaliação.

A questão crucial é descobrir, disse a palestrante, o que é preciso fazer para criar e desenvolver avaliações que sejam realmente utilizadas para reduzir incertezas, melhorar a efetividade e tomar decisões relevantes. Por isso mesmo, a grande meta da avaliação é a ação. Seu significado maior está em fortalecer o movimento que leva à transformação, nele intervindo sempre que necessário.

Nesse sentido, ressaltou a Profa Thereza Penna Firme, a avaliação intervém para reforçar potencialidades e sucessos, em vez de meramente registrar dificuldades e fracassos. Os professores avaliadores devem promover o aperfeiçoamento contínuo das crianças e dos jovens, incentivando-os e estimulando-os.

Estiveram presentes a direção da fundação e todos os professores da Escola.

 

 Chá dos Avós


No dia 11 de julho as turmas do 5° ano organizaram uma linda e marcante homenagem aos seus vovôs e vovós. Ela foi o fruto da ideia de fortalecer o vínculo afetivo e familiar e o respeito pelos mais velhos. As professoras organizaram, para essa homenagem, um “Chá dos Avós” para aqueles que são referência em amor, afeto, compreensão, doçura e proteção.

No decorrer desse primeiro semestre os alunos trabalharam o livro "Bisa Bia, Bisa Bel", da autoria de Ana Maria Machado. A autora conta que escreveu esse livro pela saudade que sentia das avós e queria contar sobre elas para os filhos.

Feliz Dia dos Avós!

 

 Futebol pela Amizade - São Petersburgo, Rússia


O Programa Futebol pela Amizade, edição 2017, ocorreu entre os dias 26 de junho e 3 de julho, em São Petersburgo - Rússia, e teve como objetivo promover a tolerância e o respeito entre as diferentes etnias e culturas, envolvendo crianças e jovens. O torneio envolveu garotos de 64 países da América, Ásia, Europa e África. O Brasil foi representado pelo Fluminense Futebol Clube.

A Fundação Osorio se fez presente pelo aluno Eduardo Borges, dentro do projeto "Jovens Jornalistas". Nos diversos eventos e jogos do torneio o jovem repórter da Fundação Osorio exercitou os seus dotes de jornalista, fazendo vÁrias entrevistas e reportagens.

 

 Festa Junina na Fundação Osorio


No último sábado, dia 01 de julho, nossa Escola realizou a sua tradicional Festa Junina, momento em que alunos, professores, funcionários, familiares e amigos puderam participar com alegria e animação. Os alunos do 1° segmento do Ensino Fundamental encantaram os convidados com lindas apresentações de danças típicas das Regiões do Brasil.

A alegria das danças e quadrilhas, as brincadeiras, as barracas de comidas típicas, os sorteios e muita música animaram o arraial da Fundação Osorio.

 

 Aniversário do Correio Aéreo Nacional – CAN


A Fundação Osorio participou com sua Guarda Bandeira, em 12 de junho, no Campo dos Afonsos, da solenidade comemorativa ao octagésimo sexto aniversário do Correio Aéreo Nacional, Dia da Aviação de Transporte e imposição da Medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura.

A tradicional comemoração da Aeronáutica ocorreu em clima de muito entusiasmo e vibração.

 

 Claros na Fundação Osorio


Nesses últimos anos, a Fundação Osorio no cumprimento de sua missão tem enfrentado muitas dificuldades com a crescente falta de recursos humanos mostrada no quadro abaixo, apenas minimizada pela ajuda do Exército e mitigada pela terceirização, que hoje empenha cerca de 55% do orçamento disponível desta Escola. Os 952 alunos matriculados no corrente ano letivo têm sido o alvo principal de nossa atenção e a eles têm sido canalizados todos os nossos esforços para trabalhar com excelência e com entusiasmo, mesmo depois da recente notícia do indeferimento por parte do MPOG*, do pedido de recompletamento de claros por concurso público feito por esta Presidência.

 

QUADRO DEMONSTRATIVO DE CARGOS NA FUNDAÇÃO OSORIO

  Especificação  
  Porcentagem de Claros  
  Professores EBTT**  
  30%  
  PGPE***  
  Nível Superior  
  100%  
  Nível Intermediário  
  90%  
Em 14/06/2017 Fonte: SRH FO

 

*   Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão (MPOG)

**  Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT)

*** Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE)

 

 "Pequeno leitor, grande cidadão"


No mês de junho, foi desenvolvido o Projeto Café Literário com o sexto ano do Ensino Fundamental. Essa atividade teve por objetivo principal estimular a prática da leitura. O processo da construção do conhecimento passa pela leitura, que expande os horizontes e o universo do aluno.

Na ocasião, os estudantes montaram uma exposição com livros, gibis e revistas e, em seguida, participaram de um delicioso café da manhã.

Foi intensa a participação de todos.

 

 Aniversário da Fundação Osorio


Com a presença de muitas autoridades, amigos e colaboradores, a Fundação Osorio comemorou mais um aniversário no dia 1° de junho.

A Escola completou 96 anos de trabalho dedicado à educação e à formação profissional de seus alunos.

No discurso proferido, o presidente destacou que:

"... A Fundação Osorio é uma verdadeira escola de vida, que prima pela formação ética, intelectual, física e social de seus alunos. Em meio à crise vivida pelo nosso país, ao vendaval de corrupção que enfraquece as nossas crenças e envergonham o nosso povo, buscamos os exemplos de nosso patrono, o General Osorio, para continuar firmes no propósito de formar cidadãos conscientes de seus deveres e de suas responsabilidades, em condições de impedir que os sadios e tradicionais valores da nação brasileira sejam desvirtuados".

 

 20ª Olimpíada Brasileira de Astronomia


Participaram da 20ª Olimpíada Brasileira de Astronomia – OBA -, no dia 19 de maio, 20 alunos do 1º Segmento, 85 alunos do 2º Segmento e 3 alunos do Ensino Médio da Fundação Osorio. A OBA é um evento realizado pela UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, que ocorre em todo o território nacional e tem por objetivo ampliar o conhecimento de astronomia para estudantes da rede pública e particular.

 

 É tudo mentira! (ou quase tudo)


Há uma epidemia de notícias falsas e elas estão tendo mais influência do que nunca. Se antes os boatos e as meias-verdades se restringiam a veículos sensacionalistas, hoje elas dominam a internet e podem influenciar até eleições presidenciais, como a de Donald Trump nos Estados Unidos. Nascidas em sites especializados em criar os factoides, elas chegam ao público pelas redes sociais. “Fofocas e rumores fazem parte da história. O que mudou é a forma como são difundidos, misturados aos fatos verdadeiros ou descontextualizados”, esclarece Angela Pimenta, presidente do Instituto de Desenvolvimento do Jornalismo (Projor).

Para combatê-las, governos, empresas de mídia e gigantes de tecnologia como Facebook e Google têm desenvolvido ferramentas. Muitas iniciativas dão também dicas de como educar jovens e crianças para certificar a confiabilidade de uma informação recebida pela internet. “É preciso ensinar a separar o joio do trigo estimulando a capacidade de análise dos estudantes”, comenta Adilson Odair Citelli, professor de Educomunicação na Universidade de São Paulo (USP). O caminho para chegar à verdade é desconfiar do que se lê e até da própria opinião. Leia ao lado dicas de como encaminhar esse trabalho com os jovens.

5 DICAS PARA SE CHEGAR À VERDADE

Como atestar a veracidade de uma informação

1. Questione a origem da notícia

Ao encarar uma mensagem compartilhada nas redes sociais, a primeira pergunta que o leitor deve se fazer é: qual o interesse de quem compartilhou essa informação? Uma pesquisa americana mostrou que jovens de 15 a 27 anos tendem a acreditar em notícias claramente equivocadas quando elas atestam algo em que eles já acreditam.

Constatar o viés de quem divulgou a informação não é atestado da mentira, mas pode ser um alerta.

2. Desconfie dos autores

Muitas notícias falsas são divulgadas em sites feitos para se parecer com portais já consagrados. Por isso, abrir um link antes de compartilhá-lo é fundamental. Preste bastante atenção ao veículo que publicou a informação e, caso você não o reconheça, procure checar se jornais e sites tradicionais também divulgaram o mesmo dado. Também vale observar outras notícias do mesmo veículo e ver se todas apresentam tendência semelhante.

3. Leia mais do que apenas a notícia

Boa parte das informações equivocadas são notícias verdadeiras, mas compartilhadas fora de contexto. Nesses casos, um detalhe pode fazer toda a diferença: checar informações como a data e o local de publicação do texto pode impedir você de espalhar por aí uma informação que já foi desmentida ou que poderia ser lida de uma maneira diferente, dependendo do período em que foi publicada.

4. Analise o texto com cuidado

Aspectos do próprio texto também são importantes. Vale se questionar: isso é uma notícia, uma análise ou um texto opinativo? O autor se posiciona quanto ao assunto? Os dois lados foram ouvidos? As fontes da informação dada são claras? Quem pode se beneficiar com a divulgação dessa informação? Levar todos esses fatores em conta durante a leitura ajuda a assumir uma postura mais crítica sobre os fatos que são descritos no texto.

5. Considere os riscos antes de compartilhar

Espalhar uma informação é algo sério. Por isso, é importante refletir sobre os motivos e as consequências do compartilhamento de uma notícia: ela é relevante para outras pessoas? Quais interesses estarei defendendo com esse compartilhamento? E, acima de tudo, tenho confiança de que essa informação é verdadeira? Se a resposta à última pergunta for não, é melhor não compartilhar.

                                                                                                    Referência: https://novaescola.org.br/conteudo/4879/e-tudo-mentira-ou-quase-tudo

 

 "Coral Alegria"


Numa manhã de muito entusiasmo e vibração os alunos do 1º Segmento do Ensino Fundamental assistiram uma apresentação do “Coral Alegria”, composto por 30 crianças e adolescentes moradores da Rocinha e das comunidades do Parque da Cidade e Vila Canoas.

O canto coral promove um refinamento estético, desenvolvendo a sensibilidade musical, com o conhecimento de diferentes compositores, do cancioneiro popular ao erudito, praticamente desconhecidos no ambiente em que vivem. Além disto, o conhecimento da própria voz é um grande condutor da paz e harmonia, fundamentais em qualquer época.

A participação e o interesse de nossos alunos foi o ponto alto da apresentação. Eles interagiram, cantaram e vibraram com as músicas do cancioneiro popular brasileiro, alguns clássicos internacionais e temas musicais de filmes de sucesso.

Parabéns a todos que fazem o "Coral Alegria" pelo belíssimo exemplo de educação musical, disciplina e auto-estima!

Parabéns alunos da Escola pela vibrante participação!

 

 Doação de sangue


A Fundação Osorio tem a grata satisfação de trazer a público que, liderados pela aluna do 2º ano do Ensino Médio/Profissionalizante, Raiza Aquino Freire de Souza, 14 alunos deste segmento de ensino estarão doando sangue, no HemoRio, no próximo dia 12 de maio. Na semana seguinte, outros 14 jovens estarão continuando esta bela iniciativa humanitária em prol da vida.

 

 Cursos Grátis - USP


Faça um curso e estimule seus filhos, cônjuges familiares, amigos , alunos e vizinhos a se aprimorarem também, vale a pena.


Clique no Curso para acessar:

1. Física Básica
2. Gestão de Projetos

3. Engenharia Econômica

4. Princípios de Sustentabilidade e Tecnologias Portadoras de Inovação

5. Gestão do Desenvolvimento de Produtos e Serviços

6. Liderança, Gestão de Pessoas e do Conhecimento para Inovação

7. Gestão da Inovação

8. Medicina do Sono

9. Oceanografia - Sistema Bentônico

10. Eletromagnetismo

11. Probabilidade & Estatística

12. Sistemas Terra

13. Produção mais Limpa (P+L) e Ecologia Industrial

14. Instrumentos de Política e Sistemas de Gestão Ambiental

15. Fundamentos de Administração

16. Visões do Brasil, Século XIX

17. Escrita Científica: Produção de Artigos de Alto Impacto

18. Escrita Científica

19. Tópicos de Epistemologia e Didática

20. Atualidade de Sérgio Buarque de Holanda

21. Economia Monetária - Moeda e Bancos

22. Empirismo e Pragmatismo Contemporâneos

23. Filosofia e Intuição Poética na Modernidade

24. Ciência Política: Qualidade da Democracia

25. História do Brasil Colonial II

26. Enunciação

27. Libras


 "Baleia Azul"


Publicação do colegio Santa Catarina. Pura verdade...


Bom dia a todos! Acabamos de receber um texto, cujo autor não conhecemos, mas com o qual concordamos plenamente. Por isso, gostaríamos de compartilhá-lo com vocês, para uma profunda reflexão:

"Lamento informar, mas não vai adiantar acabar com a "Baleia azul". Acabando com a "Baleia Azul", pode vir o "elefante roxo", o "tigre amarelo", o "pica pau cor de rosa" e outros. O que realmente está faltando é a "cor" nas famílias. Estamos demasiadamente distraídos e buscando culpados o tempo todo. Estamos com pais "cinzas", sem vida, sem ação, sem autoridade, sem carinho e tempo para dispensar aos filhos. Acredite, ninguém substitui os pais na vida de uma criança. Quando falta pai e ou mãe, a criança buscará preencher sua ausência com qualquer bicho de sete cabeças ou sem cabeça alguma. Sabe por que essa geração de filhos não sai do celular, do computador, da internet, do isolamento? Porque nós os empurramos para esse mundo virtual. Os pais não tem tempo para brincar com os filhos, rolar no chão, sujar a roupa com eles. Vamos aproveitar a desgraça da baleia azul para alcançar a Graça de acordar para o cuidado com nossos filhos.

SE VOCÊ NÃO TIVER TEMPO PARA SEUS FILHOS, OS BICHOS DO MUNDO TERÃO".


 Vacinação contra Febre Amarela na FO


A Fundação Osorio está localizada numa área silvestre, com saguis e macacos-prego habitando nossas encostas, portanto, providenciou uma ação preventiva de vacinação de seus alunos e funcionários contra a febre amarela.

A vacina previne contra a doença causada por um tipo de vírus que compromete a saúde dos humanos e de outros vertebrados. Ela é considerada aguda e hemorrágica e recebe esse nome por causar icterícia, um sintoma que deixa a região dos olhos, pele e mucosas com aspecto amarelado.

A aplicação da vacina na Escola foi feita no período da manhã e concluída em 19 de abril com 785 pessoas atendidas entre alunos, funcionários e alguns dependentes, todos imunizados contra esse mal que vem fazendo vítimas no país.

 

 Matemática é Vida!


Os alunos do 1°ano fizeram um delicioso biscoito para trabalhar conteúdos de formas e quantidades. Aqui vai a receita: 3 xícaras de farinha de trigo, 2 xícaras de açúcar, 1 xícara de manteiga.

Que delícia, matemática com saber e sabor!

 

 

 Café Filosófico na FO



A idéia da concepção de um Café Filosófico surgiu na cadeira de Filosofia, com o Prof Giorno, com o intuito de criar um espaço para que alunos, professores e demais membros da Escola pudessem se encontrar para discutir diversos temas da vida humana do mundo do trabalho, da relação entre as pessoas e da sociedade. O objetivo do professor é motivar a reflexão filosófica no seio da comunidade escolar de modo a estimular o debate, o sentimento de solidariedade, sempre enfatizando que a educação, a camaradagem, o respeito ao próximo e as diferenças são importantes trunfos para uma sadia concorrência em qualquer grupo social.

Parabéns ao Corpo Docente por mais essa iniciativa. Vamos participar trocando experiências e enriquecendo os nossos encontros.

 

 Semana da Mulher na Fundação Osorio



As equipes de Língua Portuguesa e de Espanhol, em conjunto com a Supervisão Pedagógica do 2º Segmento do Ensino Fundamental, inauguraram exposição em homenagem às mulheres, no “Espaço de Leitura e Interação”, no dia 8 de março.

Assim, os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental, liderados pelo professor Adriano Vieira, fizeram apresentação de voz e violão, expuseram desenhos e cartazes e ofereceram pequenos brindes aos alunos e funcionários da Escola que compareceram ao evento.

Os alunos do 7º ano, tendo à frente as professoras Edna Lira e Elen Gomes, ofereceram os resultados da pesquisa por eles levada a efeito sobre expressões ofensivas às mulheres, presentes no dia-a-dia das comunicações em Língua Portuguesa, bem como de letras de músicas que exaltam a figura feminina.

Os alunos do 8º ano, orientados pelas professoras Bianca Karam e Regina Andrade, pesquisaram sobre a desigualdade de salários e de oportunidades de trabalho entre homens e mulheres, no mercado de trabalho, nos seus vários setores, inclusive, nas Artes.

As turmas do 9º ano, capitaneadas pelo professor Luiz Gustavo Lopes, produziram vídeos sobre as conquistas alcançadas pelas mulheres, nos séculos XIX, XX e XXI, na área da Língua Portuguesa. O mesmo foi feito, em Língua Espanhola, com a professora Fabiana Lopes, nos países hispânicos na área das Artes.

 

 

 Recepção aos novos alunos



No dia 10 de março, às 11h, na Praça de Esportes da Fundação Osorio, foi realizada a Solenidade de Abertura do Ano Letivo de 2017. O evento objetivou marcar simbolicamente o período de estudo, esforço e aprimoramento do Corpo Discente. Na ocasião, os professores, funcionários e alunos veteranos, na presença de pais e responsáveis, expressaram calorosa declaração de boas-vindas aos novos alunos da FO.

Como parte das comemorações do início do ano letivo foram realizados cultos religiosos em agradecimento e pedidos a Deus pelo ano que se inicia.

O presidente da Fundação Osorio saudou a todos, desejando um ano letivo cheio de conquistas e realizações.

 

 

 Reforma do prédio “Vila Getúlio”



Chegou a vez da recuperação da Vila Getúlio. Dentro do Objetivo Estratégico N°6 - "Modernizar a Estrutura Organizacional" e seguindo o planejamento da Divisão Administrativa, foi substituído todo o telhado, pintadas as paredes e portas e feita a reestruturação da rede elétrica.

NTodo o esforço foi feito com o intuito de proporcionar aos nossos alunos e professores as melhores condições possíveis visando uma educação de qualidade.

 

 Ginásio de Esportes



Dando continuidade ao trabalho de recuperação de nossas instalações, a Divisão Administrativa da FO está recuperando e trocando toda a cobertura do ginásio de esportes da Escola. O material utilizado tem um isolamento térmico que deverá propiciar melhores condições para a prática de esportes pelo Corpo de Alunos.

Numa segunda etapa desse esforço na "Modernização de Estrutura Organizacional" - Objetivo Estratégico N° 6 -, todos recursos serão canalizados para a recuperação do piso e melhoria da iluminação.

Fundação Osorio formando hoje o cidadão do amanhã!

 

 

 Prof. Carlos Nascimento



A Fundação Osorio entristeceu-se com a perda repentina do nosso querido Prof Carlos Nascimento.

Admirado por todos, trabalhou na FO por mais de 11 anos dando aulas no Ensino Médio. Mestre de narrativa clara e contundente, suas aulas cativantes eram aguardadas com ansiedade pelos alunos e a todos encantava com sua didática peculiar. Não era apenas um professor, era sobretudo um educador. Tinha sempre uma palavra de estímulo, um conselho, uma orientação.

Os alunos da FO, em justa homenagem, deram o seu nome à sala do Grêmio Estudantil Osorio:

"HOMENAGEM AO PROFESSOR CARLOS NASCIMENTO"

No final do ano letivo de 2016, nós passamos por uma inestimável perda.

O Professor Carlos Nascimento foi um grande presente dado à nossa escola, e temos a certeza de que ele marcou cada aluno que teve a oportunidade de participar das suas aulas. Afinal, quem vai deixar de lembrar do seu "Muito bem" com um grande tapa na porta ao entrar na sala de aula? Ou então dos grandes mapas conceituais que ele passava no 1º ano? Ou da quantidade enorme de slides que tínhamos que estudar para a prova? Ou ainda, da famosa cruzadinha, na qual ele dava certas dicas de vez em quando ao longo do bimestre?

Não tem como esquecer dessas coisas. Não tem como esquecer do único professor negro de barba branca da Fundação Osorio - como ele mesmo se chamava, reforçando que não tinha como confundi-lo com mais ninguém. Além de ser um excelente professor dentro de sala de aula, ele também observava todos os seus alunos e aconselhava aqueles que achava que precisavam de conselhos. E isso, alguns alunos e ex-alunos podem confirmar...

O Professor Carlos foi um dos primeiros professores orientadores do Grêmio Estudantil Osorio, nos mostrando o caminho que devíamos tomar, abrindo nossos olhos e estando sempre disposto a nos ajudar. Foi ele quem disse que tínhamos que fazer um estatuto, e foi ele, junto à Diretoria do Grêmio de 2016, quem assinou o mesmo.

É por esses e outros motivos, que o Grêmio Estudantil Osorio 2017, pediu à direção da escola autorização para transformá-lo no patrono da nossa sala. E hoje, no primeiro dia de aula do ano, tivemos o prazer de ver o nome desse grande professor na porta da nossa sala.

 


 

FO rodape1Fundacao rodape2Osorio rodape3Rio de Janeiro rodape4RJ rodape5