FO topo1Fudacao topo2Osorio topo3Rio de Janeiro topo4Fundacao Osorio topo5

Programa de Boa Saúde



A Idade de Ser Feliz
Estáquio de Souza

Existe somente uma idade para a gente ser feliz
somente uma época na vida de cada pessoa
em que se pode sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realiz&aacurte;-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.


Uma só ideia para a gente se encantar com a vida
e viver apaixonadamente
com o entusiasmo dos amantes
e a coragem dos aventureiros.


Fase dourada em que se pode criar e criar a vida
à imagem e semelhança dos nossos desejos
e sorrir e cantar e brincar e dançar
e experimentar todos os sabores
e desfrutar de tudo com toda a intensidade
sem preconceito nem pudor.


Tempo em que cada limitação humana
é só mais um convite ao crescimento
um desafio a lutar com toda a energia
e tentar algo novo,
de novo e de novo e quantas vezes for preciso.


Essa idade tão especial e tão única
chama-se "presente"
e tem apenas a duração do instante que passa...
... doce pássaro do aqui e agora
que quando se dá por ele
já voou para nunca mais!

A Escola está dando os primeiros passos no "Programa de Boa Saúde" e pretende repassar continuadas informações sobre: nutrição, treinamento físico, controles e dicas sobre o assunto.

Os principais responsáveis pela nossa saúde somos nós mesmos. Tirar dúvidas e agir preventivamente é a primeira dica importante que merece ser anotada.

A Seção de Saúde, a Seção de Tecnologia da Informação e a Seção de Educação Física colocam a partir de hoje, à disposição de todo o público interno, uma ferramenta de avaliação individual para que possamos medir o IMC (Índice de Massa Corporal) e, com isso tirarmos as primeiras conclusões sobre "saúde".


Clique aqui para calcular o seu IMC.

Avaliação do Peso em Adultos (20 a 59 anos)

Referência: http://portalsaude.saude.gov.br/dicas-de-saude/imc-em-adultos.html#


Obesidade infantil


O aumento da obesidade infantil no Brasil é preocupante. Segundo a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), realizada pelo IBGE, uma em cada três crianças brasileiras com idade entre 05 e 09 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. Entre os jovens de 10 a 19 anos, um em cada cinco apresenta excesso de peso. O problema já afeta 1/5 da população infantil e pode resultar em uma geração futura de obesos, hipertensos, diabéticos, com riscos renais, cardiovasculares e cerebrais aumentados, além do surgimento de distúrbios psicossociais, provocados pelo estigma da obesidade. Uma criança obesa em idade pré-escolar tem 30% de chances de virar um adulto obeso.

As estatísticas apontam que a obesidade infantil é a que cresce mais rapidamente no Brasil, e o cenário é agravado pelos maus hábitos alimentares. Entre eles a ampla oferta de produtos hipercalóricos (balas, pizzas, batata frita, biscoitos recheados, salgadinhos e refrigerantes) e menos atividades físicas nas horas de lazer.

Para reverter esse quadro e nossas crianças e adolescentes crescerem saudáveis, é muito importante a reeducação alimentar. Como, por exemplo, diminuir o consumo de alimentos industrializados e aumentar o consumo de frutas, verduras e legumes.

Obsidade Infantil


FO rodape1Fundacao rodape2Osorio rodape3Rio de Janeiro rodape4RJ rodape5